E o queijo ralado?

Queijo ralado é muito bom. Não esses de saquinho, que as vezes é só uma mistura de glutamato com sódio, em forma de pózinho. Mas um parmesão ralado na hora tem seu valor. E foi pensando assim que, na minha última compra grande no supermercado, quaaaase abri uma excessão para um pedaço de queijo. Mas fui firme e forte e investi em alguns substitutos.
Em uma primeira impressão pode parecer que não combina muito, mas grãos como castanhas, nozes, amêndoas e outros podem fazer muito bem o papel do queijo em alguns pratos. Eu já usava direto em algumas receitas, como no cuscuz marroquino e nas sopas. Mas rola e fica gostoso também nas massas, polentas, saladas, etc. Uma dica é comprar diferentes tipos, assim sempre vai ter um que combina mais com cada prato. Eu sempre compro castanhas granuladas, dessas de saquinho mesmo, que se encontra em qualquer lugar. Daí é só abrir e jogar por cima. Mas dá para usar farofinha de castanhas do Pará (olhem o post sobre o Cafe Gratitude), ou grãos com “sabores”, como as amêndoas defumadas. É só picar, ralar ou cortar em pedaços bem pequenos. O melhor é sempre investir no “in natura”, porque assim o sódio é menor que nos grãos cheios de sal. Mas se você sente falta do gostinho mais forte do parmesão, o salgado vale como alternativa. Juro que fica gostoso e que no fim você nem sente mais falta do queijo, pra não dizer que, às vezes, o prato fica até mais divertido.

One response to “E o queijo ralado?

  1. Pingback: Salada que parece macarrão «

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: